level1.jpg

LPF

Low Pressure Fitness

A técnica da barriga negativa, e mais...

 
O-que-é-o-lpf-868x478_edited.jpg

O QUE É LOW PRESSURE FITNESS?

Low Pressure Fitness é uma metodologia de treino desenvolvido pelos espanhóis Piti Pinsach e Tamara Rial e consiste em um sistema de treinamento postural e respiratório inovador. LPF combina mobilização neuromiofascial, exercícios neurodinâmicos e o conceito hipopressivo. Condições como prolapso, incontinência urinária, hérnias, hemorróidas e dores nas costas estão associadas a um core incompetente (assoalho pélvico, abdominais, diafragma e multífidos que não exercem sua função ). Todas essas condições podem se beneficiar com o LPF.

Andressa Suita repost site.png

LPF PARA DIÁSTASE

A Andressa Suita (@andressasuita ) praticando LPF para recuperar a Diástase após duas gestações.
O LPF tem sido muito utilizado por profissionais especialistas em pós - parto como ferramenta para recuperação da Diástase Abdominal. Suas pautas posturais e respiratórias ativam os músculos do CORE, principalmente transverso do abdômen e períneo. A regulação do tônus basal destes músculos é essencial no processo de reabilitação da Diástase Abdominal. Além disso, a prática regular do método que prioriza uma ação excêntrica no tecido fascial, contribui para a regeneração das lâminas fasciais da linha Alba, recuperando a tensão ideal da mesma o que favorece a aproximação dos reto abdominais e fechamento da Diástase👌🏼.

 

Como Low Pressure Fitness funciona?

O LPF trabalha para equilibrar o sistema nervoso simpático (SNS) e o sistema nervoso parassimpático (SNP) e reprogramar seus músculos do core para trabalhar em um nível subconsciente para apoiá-lo ao longo de sua vida cotidiana. A aspiração diafragmática combinada com posturas específicas promovem uma descongestão na cavidade pélvica ao mesmo tempo que recruta os músculos profundos do core. A combinação de técnicas de respiração e posturais ajuda a criar um core que pode equilibrar e contrabalançar todas aquelas atividades cotidianas que aumentam as pressões internas e podem acarretar prejuízos à saúde, performance esportiva e estética da faixa abdominal.

 

Quem pode praticar o Low Pressure Fitness?

O programa é recomendado para quem deseja prevenir ou para os que já sofrem disfunções do assoalho pélvico (prolapso, incontinência urinária, etc ), diástase abdominal, todos os tipos de hérnias (discais, abdominais, etc ), dores lombares e disfunções sexuais. É ótimo para atletas que desejam melhorar a função respiratória e prevenir lesões. Também é útil para a recuperação pós-parto. Homens e mulheres de todas as idades que buscam treinar a verdadeira função de seu core se beneficiarão com o LPF.

 

Quais são os benefícios do Low Pressure Fitness – LPF?

Muitos benefícios podem ser alcançados com a prática regular do LPF, tais como:

  • Prevenção e tratamento para dores na coluna

  • Melhora o funcionamento do intestino

  • Acelera a recuperação pós-parto

  • Reduz inchaço abdominal e de membros inferiores

  • Melhora desempenho esportivo

  • Melhora o tônus muscular e reduz circunferência abdominal

Além disso, o praticante alcança um estado mais relaxado, pois a técnica libera as tensões da fáscia e regula o sistema nervoso autônomo, causando sensação de corpo e mente mais leves.

 

Por que o LPF ficou conhecido como técnica da barriga negativa?

Low Pressure Fitness, além de uma excelente ferramenta para devolver a função do CORE, ficou conhecido como “TÉCNICA DA BARRIGA NEGATIVA", por reduzir medidas com poucos meses de prática. Essa redução ocorre por dois principais motivos que se influenciam reciprocamente, otimizando os resultados :

  1. os fundamentos posturais e respiratórios da metodologia ativam a musculatura profunda do abdômen, melhorando o tônus basal destes músculos (transverso e oblíquos principalmente)

  2. o LPF através destas pautas posturais e respiratórias normalizam as tensões neuromiofasciais da Fáscia Toraco-Lombar (FTL), regulando a tensão na musculatura paravertebral, músculos que quando hiperativados inibem os músculos abdominais.

Portanto, com a prática regular do LPF, saímos de um círculo vicioso, onde uma FTL densificada contribui para a inibição dos músculos abdominais e vice-versa, e através do sistema de treino LPF entramos em um círculo virtuoso, em que uma maior atividade dos músculos abdominais vão contribuir para uma normalização dos músculos paravertebrais e flexores do quadril e vice – versa.

Pratique o Low Pressure Fitness e sinta as mudanças em seu corpo e em sua vida!

LPF barriga negativa.png
 

ENTRE EM CONTATO 
LPF LICENCIADA

Av. Brasil, 1782, Sala 4, Parque das Laranjeiras, Itupeva-SP

Clique para enviar um WhatsApp

(11) 97656.3544

Fundo%20Blur_edited.png